Filho de Gugu revela por que decidiu participar da Batalha de Lip Sync contra filho de Faustão

Filho de Gugu revela por que decidiu participar da Batalha de Lip Sync contra filho de Faustão
João Augusto Liberato ao lado do pai, Gugu Liberato, que morreu em novembro de 2019 — Foto: Reprodução / Instagram

João Augusto Liberato, primogênito de Gugu Liberato - que morreu em novembro de 2019, se divertiu durante a última temporada que passou no Brasil, onde topou participar da gravação do quadro Batalha de Lip Sync, do Domingão com Huck. Na atração, que será transmitida no domingo (8), o estudante, que vive nos Estados Unidos, dubla duas canções e disputa o prêmio com João Guilherme Silva, filho de Faustão.

"O Luciano Huck e a Roberta Cid fizeram o convite através da Esther Rocha, assessora e amiga do meu pai há mais de 30 anos, e ela conversou comigo. No começo me assustei porque é algo que nunca fiz, nem imaginava fazer. Mas aceitei porque é uma oportunidade de homenagear meu pai e também o Faustão, dois grandes nomes da televisão", conta ele, que ao longo dos ensaios foi se soltando.

"A preparação de palco que a Globo oferece é fantástica. Cheguei inseguro, ansioso, mas a Roberta me deu uma super atenção, me deixou tranquilo e me mostrou como fazer tudo. Foi incrível", ressalta.

Assim como da década de 90, em que Gugu e Faustão disputavam a maior audiência dos domingos, João Augusto e João Guilherme mantêm a cordialidade nos bastidores da competição.

"Não estamos pensando em vitória e sim em homenagear nossos pais. Tudo que sou e aprendi na vida foi com meu pai. Ele me ensinou, me aconselhou e me inspirou. Pena que não tivemos mais tempo. Aprendi com ele que devemos ser humildes, educados, jamais nos acharmos melhor que os outros, jamais destratar as pessoas e muito mais. Profissionalmente, tive a experiência de gravar com ele os vídeos do canal Chef do Futuro. Foi pouco, mas me ensinou muito", declara João, que também reconhece a grandiosidade de Fausto Silva.

"O Faustão é um grande nome e eu o admiro demais. Confesso que por viver nos Estados Unidos há 8 anos, não consigo acompanhar a televisão no Brasil, mas meu pai falava muito do Fausto, sempre me falou da importância dele na TV e eu cresci ouvindo isso", conta.

Os dois herdeiros se aproximaram mais recentemente quando Faustão foi submetido a um transplante de coração e sua família usou a visibilidade para falar da importância da doação de órgãos. O tema é uma bandeira que família de João Augusto levanta com a campanha Gugu Vive desde a morte em 2019 do apresentador, que ajudou 50 pacientes na fila de espera por transplantes.

"Nos conhecemos naquela fase da espera de um coração para o Faustão, mas pessoalmente só agora. Estou cada vez mais envolvido e dedicado nessa causa e quero fazer muitas ações em prol do esclarecimento sobre o tema. Com certeza estou disponível para qualquer ação que a família do Faustão se propor a fazer sobre o tema", afirma.

Apaixonado por TV, João Augusto quer seguir carreira como apresentador e viver no Brasil após terminar os estudos nos Estados Unidos. "Primeiro quero me formar e depois pensar nisso (ser apresentador). Mas quero, sim, ficar muito mais tempo no Brasil. Porém, sempre estarei nos Estados Unidos, pois minha mãe e minhas irmãs vivem lá", planeja ele, filho de Rose Mirian, e irmão das gêmeas, Marina e Sofia, de 19 anos.

Fonte: Quem News/Globo.com